Ana Paula Pontes realiza projetos expográficos desde 1999, quando integrou a equipe de design do MAM do Rio de Janeiro. De forma independente ou em parcerias, vem desde então realizando projetos para mostras em diversas instituições culturais do país, especialmente relacionadas às artes visuais, entre elas Instituto Moreira Salles, MAM-SP, MAM-RJ, CCBB, SESC e Fundação Iberê Camargo.

Tendo se formado em arquitetura e urbanismo pela FAU-USP em 1994, articulou seus estudos seguintes com a prática profissional, tendo completado em 2001 Especialização em História da Arte e da Arquitetura no Brasil e em 2004 Mestrado em História Social da Cultura, ambos pela PUC-Rio. Em 2017 ingressou no doutorado na FAU-USP, com pesquisa sobre museus de arte contemporânea, com orientação de Agnaldo Farias.

Atualmente é professora da FAU Mackenzie e pesquisadora do grupo Campo Museal, integrado ao Núcleo Brasiliana de Pesquisa, Ensino e Projeto.

Além das experiências com expografia, participou do desenvolvimento de projetos de arquitetura e obras de importantes edifícios culturais em São Paulo e no Rio de Janeiro. Colaborou com Paulo Mendes da Rocha de 1996 a 1998 no projeto da Pinacoteca do Estado, acompanhando a obra até a sua conclusão. Como sócia do escritório Una Arquitetos de 1994 a 1999, desenvolveu o projeto para o Centro Cultural dos Correios em São Paulo, vencedor de concurso nacional de arquitetura. De 2003 a 2010 colaborou com o arquiteto francês Christian de Portzamparc na obra da Cidade das Artes no Rio de Janeiro e noutros projetos de seu escritório em Paris. Entre 2010 e 2016 coordenou a equipe de Índio da Costa no desenvolvimento do projeto e acompanhamento da obra do MIS - Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro, de autoria do escritório norte-americano Diller Scofidio + Renfro.