cidade das artes
(cidade da música)

Rio de Janeiro | 2003-2010
Projeto de Atelier Christian de Portzamarc
chefe de projeto

Em 2003 integrei-me à equipe brasileira do arquiteto francês Christian de Portzamparc, juntamente com os colegas Nanda Eskes e Clóvis Cunha, para coordenar o desenvolvimento do projeto de arquitetura e complementares e acompanhar a execução da obra da Cidade das Artes no Rio de Janeiro. Desde o início da obra, em 2006, ficamos instalados no canteiro de obras, na Barra da Tijuca, para o acompanhamento intensivo dos trabalhos.

O complexo de 90.000 m2 conta com uma grande sala de concerto sinfônico conversível em sala de ópera, com 1800 e 1300 lugares respectivamente, uma sala de música de câmara para 450 pessoas, uma sala para música eletroacústica, dez salas de ensaio, dez salas de aula, três salas de cinema, uma mediateca, um café, um restaurante, lojas e áreas de exposição e administrativas. Tudo isso envolto por um parque público que atravessa o edifício por baixo e o conecta com a cidade.

Nossa equipe acompanhou a obra até o fim de 2009, quando foi parcialmente inaugurada. Após um longo período de interrupção e posterior retomada das obras, a Cidade das Artes é hoje um importante equipamento cultural e marco arquitetônico da cidade.